11 setembro 2010

Eu queria que você segurasse a minha mão quando eu estivesse chateada. Eu queria que você nunca esquecesse o meu olhar quando nos vimos pela primeira vez.

Tão longe que está e eu realmente deveria te esquecer, nunca mais pensar em você, mas quanto mais eu tento, mais eu vejo que não sou capaz, mais rápido eu desisto, porque vejo que mais eu amo. O meu desejo maior era que você estivesse ao meu lado essa noite, que fosse capaz de decifrar meus sonhos, um simples olhar meu, uma simples frase de amor. Queria que você estivesse aqui pra me ajudar a enfrentar meus medos, dividir meus segredos, ouvir minhas canções. Gostaria que estivesse aqui, pra ouvir da minha boca o quanto eu te amo e o quanto eu estou arrependida por não ter dito isto, e ter deixado passar como uma página qualquer. Agora, que está longe e sei que não está sozinho, escrever se tornou minha essência, minha rotina. Talvez quando ler minhas cartas, e entender minhas letras escritas naquelas linhas tortas, e ver alguma mancha nas palavras, vai saber que foi de uma lágrima, e que tanto choro, foi por não ter você aqui.

"Se alguém pudesse ler a minha mente esta madrugada, com certeza diria que meus olhos arderam por vontade de chorar. Por mais que eu negue até a morte e pareça que não estou assumindo minha maior fraqueza, sei que não é isso. Graças a Deus me tornei uma mulher forte para encarar os trancos da vida, principalmente trancos de amor. Particularmente falando, acho a saudade muito gostosa de sentir. Ninguém sente saudade do que não foi bom e é por isso que não estou chorando hoje. Embora a saudade que eu tenha sentido seja de sonhos que nunca realizei, fico feliz em saber que ainda tenho com quem sonhar. Faz quase três horas que estou tentando dormir e não consigo parar de pensar em coisas que talvez eu deveria ter dito. Estou aqui, olhando para o céu e acompanhando um novo dia nascer .. queria que você estivesse aqui para que eu pudesse dizer tudo o que as circunstâncias não deixaram. Em primeiro lugar, agradeceria a Deus pelo dia em que colocou você no meu caminho. Agradeceria pelos dias de sol e pelas noites de chuva. Diria a você que talvez eu não entenda muito bem o amor, mas que se fosse me dado o direito de escolha, me apaixonaria por um homem como você todos os dias da minha vida. (...) Cantaria a nossa música no seu ouvido, pediria para você esquecer por um instante o tempo e o espaço, te daria um beijo de tirar o fôlego. Depois pegaria na sua mão e saíriamos por aí para qualquer lugar em que ninguém pudesse nos puxar para a realidade. Afinal, que realidade ? Quando estou com você, não me interessa o que é verdade e o que é mentira, não me interessa nada além de te fazer sorrir. Mas quando o sorriso desbotar do seu rosto e você me abraçar bem forte, entenderei que é hora de te deixar partir. E por mais que eu chore e meu coração aperte, estarei rezando para que algum outro dia você volte a me visitar nos meus sonhos, pois lá eu sou sua e você é meu, eternamente."

Nenhum comentário:

Postar um comentário